Up-and-comers

A herdeira belga.

O que Ralf Simons, Martin Margiela e Dris Van Noten tem em comum?  Todos são designers belgas que estudaram na Antuérpia e ganharam projeção mundial (como é o caso de Ralf Simons, que é hoje o diretor criativo da Dior).  Uma das herdeiras dessa geração de ouro é Veronique Branquinho, que, como seus antecessores, é belga e se formou na Antuérpia. Apesar de não ser novata, Veronique só agora está sendo notada pelo mainstream da moda.   Após anos de ausência das passarelas, ela retornou em 2013 restabelecendo seu nome como um dos grandes talentos e colocando suas coleções nas maiores boutiques  americanas.  Com uma moda prática, de linhas clássicas, que favorece sempre a alfaiataria masculina, Veronique faz parte do grupo que inclui Phoebe Philo (da Céline), Claire Waight Keller (da Chloé) e Stella Mccartney, designers reconhecidas por desenharem roupas para “mulheres reais”.   Uma das provas de que Veronique tem um dedo no pulso da moda é a sua linha de sapatos, que são o complemento perfeito para o momento “conforto com estilo” que a moda está vivendo.

Tags:
Up-and-comers

Da terra dos cangurus

Não é novidade que a moda australiana, com sua pegada "cool" e "sexy", tem arrematado elogios e clientes nos quatro continentes.  Marcas como a ZimmermannCamillaandMarc, Dion Lee e a Sass&Bide já estão espalhadas por lojas de departamentos, boutiques e websites na Europa e nos Estados Unidos.  Porém, novos talentos continuam a brotar.  Entre eles, a marca Cameo, que está ganhando adoradoras pelo mundo afora.   Com "design" jovem e ótimas estampas, a marca, que apresenta diversas coleções por ano (cada uma com um tema diferente), é conhecida pelos vestidos e conjuntinhos sempre alinhados com as tendências mundiais - mas com uma pitada do estilo único das garotas australianas.

O site www.fashionbunker.com vende e entrega as coleções da Cameo, bem como de outras marcas iniciantes da Austrália - vale a pena conferir todas elas - em diversos países, incluindo o Brasil.   Os preços são convidativos; no entanto, ainda é necessário adicionar a taxa de transporte e imposto de importação.

Fotos: Cameo

Tags:
Up-and-comers

Revolução Russa

Se você segue qualquer site de "street style" com certeza já viu os rostos, e belas produções, da Vika Gazinskaya e Ulyana Sergeenko que, junto com suas companheiras russas, a empresária Miroslava Duma e a modelo e filântropa Elena Perminova, estão sempre colorindo as ruas durante as semanas de moda internacionais.  Elas encabeçam a lista de "designers" russos que estão ganhando as prateleiras de lojas na Europa e Estados Unidos.  Além das duas já mencionadas, merecem destaque as marcas Es Me Vie e A La Russe e os designers Kalmanovich, Vilshenko e Alexander Terekhov.  Entre eles, o que se nota é uma moda que propõem silhuetas novas porém com fortes referências "vintage" e pitadas de elementos da cultura Russa.  Você já pode comprar as coleções em boutiques nos Estados Unidos e Europa como na Five Story em NY e na Harrods em Londres.  Bem como nos sites www.net-a-porter.com e www.modaoperandi.com.   

Fotos: Moda Operandi, Style du Monde, Net-a-Porter, A La Russe e Alexander Terekhov. 

Tags: